0

9 Meses: deliciosa loucurinha

A pinup mais linda do mundo

A pinup mais linda do mundo

Gente, 9 meses é uma loucura deliciosa!

Loucura porque o bebê muito provavelmente já está se locomovendo (arrastando, engatinhando ou até andando se ele for precoce) e isso eleva os níveis de adrenalina a patamares nunca dantes atingidos. Acho que nem quando fiz parasailing tive descargas adrenérgicas tão intensas.

E deliciosa porque o bebê começa a fazer várias gracinhas que te fazem morrer de fofura.

Carolina nessa virada dos 8 para 9 meses está assim:

  • Ela tinha dado uma pausa no tchauzinho. Até perguntei ao pediatra se era isso mesmo (mãe é encanada com QUALQUER COISA, me julguem!) e ele disse que era normal, que o bebê parava de fazer alguma coisa como se tivesse esquecido enquanto desenvolvia outras habilidades e que depois ele voltava. E foi isso mesmo. Ela tinha parado o tchauzinho até que começou a ficar de pé. Daí voltou a dar tchau.
  • Agora fica de pé! Vai se apoiando nas coisas e escala mesmo. Isso fez com que eu começasse a ter medo de deixar o Kit berço no berço, pois ela poderia usar como apoio pra subir e acabar caindo. O que nos leva ao próximo ítem.
  • Passou a dormir em um colchonete em seu quarto. Aposentei o berço. Eu tirei o Kit porque tinha medo que ela caísse, mas aí ela se remexia durante a noite, prendia o pé entre as grades e acordava chorando. Aconselho o berço que não tem grade, mas treliça. Eu achava horroroso na gravidez, mas agora vejo o sentido da coisa.
  • Aprendeu a engatinhar. Mas ela dá duas engatinhadas, enjoa, joga o barrigão e vai minhocando com uma velocidade alucinante até seu objetivo.
  • Começou a brincar de esconder. Morro de fofura toda vez que ela se esconde atrás da fralda e espera eu dizer ACHOU. Só que o engraçado é que as vezes você está distraído com alguma coisa, vira e ela está lá, sozinha, escondida atrás da fralda esperando alguém achar. hahaha. E tem também o fato de que ela é capaz de brincar de esconder ad infinitum. 
  • Os dois dentinhos inferiores já estão quase totalmente nascidos. E apontou o incisivo superior direito. Começou a usá-los também e vez ou outra tasca umas mordidas doídas no meu peito. Quando eu chamo a atenção dela, ela acha engraçado.
  • Mamãe tornou-se seu grande amor. Não pode me ver que se joga no meu colo e começa a chorar se eu não pego.
  • Depois da fase balada (a tal crise dos 8 meses) que durou umas 2/3 semanas, o sono deu uma melhorada. Está dormindo bem menos durante o dia. Tira duas sonecas de meia hora e só. E a noite, dorme umas 20h, acorda para mamar umas 3h e depois acorda as 6h. Daí acabou, né? Tem jeito não, depois de se tornar pai/mãe você entra num outro fuso horário.
  • Faz cara de bichinho. Se a gente franze o nariz e fica fungando, ela imita.
  • Fica fazendo besourinho O TEMPO TODO. Mas os momentos favoritos são quando está tomando algum líquido. E aí voa água, leite, o que for para todo lado. Se alguém rir, daí ela faz mais feliz da vida ainda.

E A GRANDE NOVIDADE DO MÊS!

Ela aprendeu a bater palminhas, gente! E a mamãe não para de babar. Dá uma olhada e vomite um arco-íris comigo.

2

Balada do bebê

Dormir pra que? Quero mais é dançar a macarena!!!

Dormir pra que? Quero mais é dançar a macarena!!!

A gente acha que tudo se ajeitou, que bebê está calmo e vai dormir bem pra sempre e talz. Mas bebê é como filme de suspense. A cada hora, uma surpresa. Nunca podemos dar nada… NADA… como certo.

Tenho vivido dias intensos por aqui. Com a chegada dos 8 meses, a tal da crise apareceu também, como não poderia deixar de ser, né?

Bebê que não dorme, possuído pelo ritmo da ragatanga e mamãe se arrastando pelas paredes de cansaço. Até para ataques de sonambulismo a Carol deu agora, acreditam? Às vezes escuto ela chorar à noite e quando chego, ela está de olhos fechados, se arrastando/engatinhando pelo berço.

Daí pego bebê no colo, faço um carinho, coloco para dormir de novo. Dali a 10min, escuto barulho, chego e ela está praticando baby Yoga de olhos fechados. A postura do barco é uma das suas favoritas. Geme, chora, dança salsa e bolero dormindo e, finalmente, desperta pronta para brincar. Só que às TRÊS DA MANHÃ!!!

Teve noites que eu quase pirei, gente. Não teve banho de camomila, homeopatia, jorei, reiki ou oração que desse jeito. Estava uma verdadeira rave bebezística.

Ontem, apelei pra uma mistura de chá de alface e camomila. A bichinha dormiu 9 horas seguidas. Fiquei tão nervosa, que acordei ela. Juro. Não aguentei…comecei a pensar que poderia ter alguma errada tanto sono assim para um bebê que até anteontem estava fazendo treinamento de vigia noturno. Mas não tinha nada, acordou rindo, querendo mamar e eu fiquei aliviada e pensando no quanto mãe é um bicho besta. Se não dorme, a gente estressa. Se dorme demais, a gente se preocupa.

Hoje dei o chá de novo (duas colherzinhas de sopa) e ela está dormindo desde as 21h. Veremos como será a noite. Só sei que já percebi que toda vez que eu conto para todo mundo que está tudo bem, a coisa desanda. Espero que dessa vez seja diferente. OREMOS.