Olha quem tem dois dentinhos!

Agora sou bidentada!

Agora sou bidentada!

Todos  os meus bebês conhecidos já tinham 1 ou 2 dentinhos e a Carolina continuava tão banguela quanto uma velhinha sem dentadura.

Já tinha me conformado de que no aniversário de 1 aninho o sorriso ainda ia ser   igual o de um velhinho octagenário, quando senti um beliscãozinho no mamilo enquanto ela mamava. Mais de farra do que realmente acreditando que tinha alguma coisa ali, passei o dedo na gengivinha dela e o que eu achei???? DUAS CANJIQUINHAS!!!! DUAS!!!

Mãe é besta e se emociona com qualquer coisa. Fiquei megaemocionada com minha descoberta, gente! Meu bebê está crescendo.

O interessante é que ela não mudou em nada o comportamento. Não teve nada de enjoo sem fim, de parar de dormir (ela continua acordando umas 3 vezes a noite, como sempre), de babar mais que o normal. Ela baba o mesmo que qualquer bebê (um rio Amazonas por dia) desde os 2 meses.

O povo tem uma mania de ver um bebê babando e já dizer que é dente. A Carolina baba desde os 2 meses, ou seja, era para ela ter mais dentes que um tubarão se fosse assim. E essa babação tem uma explicação: 

É uma salivação excessiva causada pelo próprio desenvolvimento neurológico e bucal do bebê”, explica Mauro Toporovski, professor da pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, em São Paulo. Logo, é normal babar – muito ou pouco. Não é um problema de saúde e por isso não se medica.
A situação melhora por volta dos 2 anos, quando a criança domina a arte de deglutir.

E essa história de febre do dente? É verdade? A pediatra Fernanda Charbel explica melhor:

Até o momento, não existe comprovação científica de que o nascimento dos dentes seja causa de febre em crianças.

Na minha experiência como pediatra, já ouvi relatos tanto de mães cujos filhos sempre tiveram febre com a erupção de seus dentinhos, quanto histórias de bebês que não manifestaram sequer dor.

O QUE FAZER, ENTÃO?

Em se tratando de bebês que, além de não falarem o que estão sentindo, ainda têm seus mecanismos de defesa em desenvolvimento, nosso principal objetivo deve ser:

“NÃO DEIXAR PASSAR NADA”

EM BEBÊS, SEMPRE É MAIS PRUDENTE DESCARTAR CAUSAS MAIS GRAVES DE FEBRE.

Não se trata portanto, de acreditar ou não na febre do dente, mas de tratá-la como a última hipótese diagnóstica.

Eu agora estou curiosa para saber quanto tempo vai demorar até as 2 canjiquinhas estarem totalmente pra fora. Quem tem bebês dentados, poderia me contar qual foi a experiência de vocês?

Beijão!!!

Anúncios

3 comentários sobre “Olha quem tem dois dentinhos!

  1. Carolzinha crescendo.. Lelê crescendo… Logo estarão indo para as baladas e a gente ficando de cabelo branco… hehehe… Como você sabe, os dois primeiros dentinhos da Lelê apontaram com 6 meses. Hoje, com 8 meses, estão completamente “nascidos”. E nada de apontarem outros dentes… Quando esses foram nascer, ela chorou muito num dia (para mim, aparentemente sem razão) e no outro os dentes apontaram. E só. Agora vamos esperar os demais… beijinhos para vocês!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s