Voltando a Trabalhar: a saga do berçário

Depois de 4 meses de completa imersão no mundo materno, estou tendo que decidir algo que é o pânico de toda mãe: como será a volta ao trabalho.

Tendo em vista que parar de trabalhar não é uma opção no momento, sobram-me duas alternativas: babá ou berçário. Babá também fica fora do meu leque porque apesar de achar justíssimo que todas tenham direito irrestrito às leis CLT (FGTS, multa rescisória, féria 13 etc) eu não tenho cacife para bancar.

Escolinha lá vamos nós!

A primeira visita foi a um berçário mega alto padrão. Fiquei impressionada! Ninguém entrava de sapato (usavam aqueles propés que se usam em centro cirúrgico), o chão era todo de paviflex, cada criança tinha um trocador, um cadeirão e um bercinho e havia 1 berçarista para cada 2 bebês!!! Tudo lindo. Menos o preço, claro.

Resolvi então conhecer uma outra escolinha que era menor, tinha um preço beeeem mais amigável e tinham câmeras para os pais acompanharem. Ou seja, devem confiar em seu trabalho, correto? Mais ou menos. Depois de conhecer o lugar, penso que elas são só sem noção do quão ruim é o seu trabalho. Fiquei CHO-CA-DA.

Para começar, cheguei lá e tinham escadas para todo lado. Todo lugar que se ia, uma escada. E sem corrimão. E sem piso antiderrapante.

Respire fundo e entrei. Vejo os bebês em uma sala minúscula com tapete de EVA bem encardido. Pensei que eram somente manchas, mas aí a diretora vai e pisa DE SAPATO onde os bebês estão deitados e engatinhando.

Já estava ao ponto de uma síncope, quando ela me diz que já já é hora de dormir dos pequenos. Uma berçarista colocava 8 crianças para dormir em colchonetes no mesmo chão de EVA. Deus sabe como ela consegue, já que eu morro de dificuldade com 1 só!

Perguntei se eles tinham técnicos de enfermagem e vem a pérola:

Não temos porque não precisa. O mais importante nessa idade, o que MATA são os engasgos. Nós sabemos resolver isso. O resto é bobagem. Uma criança rala o joelho aqui, outra se corta ali. Coisa fácil de resolver, sabe? Tipo um aluninho nosso que caiu ali fora e quebrou o braço. A gente imobilizou e chamou o SAMU.

GENTE, COMO A PESSOA FALA ISSO PARA UMA MÃE DE UM BEBE QUE SERIA UM POSSIVEL ALUNO? COOOOOMO?

Depois dessa acho que eu nem conseguia mais disfarçar minha cara de pânico. Chegamos finalmente em um parquinho (cimentado) onde crianças bem pequenininhas estavam em uma situação caótica: uma de 1 aninho sozinha no escorregador, o outro de uns 2 naqueles cavalinhos que balançam mas balançando tão forte que quase dava com a cara na parede e por fim o outro sentado em uma banco que ele não alcançava o pé, tentando se jogar pro chão.

Perguntei sobre o Leite Materno pois não quero introduzir alimentos antes da hora e a “Pedagoga” me diz que IM-POS-SI-VEL pois só leite não sustenta um bebê dessa idade e tem que dar fruta e suquinhos.

Aí ela me fala de uma cadeirinha com apoio que eles tem e usam para bebês que ainda não sentam, chama Bumbo. Conhecem?  Eu não conhecia e achei a idéia um barato. A primeira bola dentro da tal diretora até então. Pedi para ver o Bumbo e a mulher me pega uma cadeira toda roída e quebrada. Quando ela viu minha cara ficou sem graça e disse que os bebês é que estragavam a cadeira, mas que se eu achasse legal, eu podia comprar que depois ela comprava de mim mais barato. Oi?

Saí de lá correndo chocadíssima e pensando nos pais que não tem a opção de escolher um lugar legal para seus bebês pois tem que pôr naquela escolinha que dá para pagar. Deprimente.

Carolina também se chocou com o berçário: COMO ASSIM DORME NO CHÃO, MAMÃE?

Carolina também se chocou com o berçário: COMO ASSIM DORME NO CHÃO, MAMÃE?

Anúncios

Um comentário sobre “Voltando a Trabalhar: a saga do berçário

  1. Jesuuuuus to ficando com medo…kkkkk
    Vou começar a procurar creche pra minha neném e estou vendo q não vai ser fácil!!!
    Kkkkkkk…..é rir pra não chorar de desespero!!
    Q absuuuuurdo!!
    😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s