Chupeta pra que te quero

Antes mesmo do bebê nascer tem aqueles temas que você meio que já tem uma opinião formada sobre e já discute com seu marido/companheiro sobre. Um deles é a chupeta.
Eu não pretendo dar chupeta. Desde a faculdade sempre estudei os malefícios da chupeta. E eles vão desde má formação da região orofacial da criança, má oclusão dentária até o desmame precoce.
Aí as pessoas dizem: Mas, gente, hoje tem chupeta anatômica!
Até tem, mas li já alguns estudos que demonstram que ela minimiza mas não elimina essas consequências que citei.
Os palpiteiros terroristas (como apelidou a enfermeira do curso de gestantes) insistem em dizer que o bebê vai chorar tanto que eu NÃO VOU AGUENTAR e tascar-lhe uma chupeta para ser um cala boca.
Não tenho como afirmar o que vai acontecer depois que a Carolina nascer, mas realmente pretendo que ela não chupe chupeta.
Não sou daquelas que acha que o mundo tem que seguir minhas doutrinas e crenças, ou seja, não sou da polícia das chupetas que fica monitorando e pentelhando cada pai ou mãe que dá chupeta para seu filho. Mas eu exijo o mesmo respeito.
Cada um no seu quadrado!

E para quem se interessar, alguns artigos sobre os efeitos da chupeta no desenvolvimento da criança:
http://www.scielo.br/pdf/dpress/v11n6/a11v11n6.pdf
http://www.scielo.br/pdf/jped/v79n4/v79n4a08.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s